░ UMA NOVA ALIANÇA

Uma nova aliança atravessa
a descoberta do tempo

exploração periódica e lisa
da instabilidade dos sonhos.

Haverá asas no olhar
prisões nas partículas do sentir.

Haverá silêncios intermitentes
gritos, risos, turbulências
como febre em águas de passagem.

Mas os limites serão terra povoada
e o tilintar dos dias
dilatará de febre o círculo
imprevisível
de todas as solidões.

 

__
▪ Maria Graciete Besse
(Almada, n. 1951)
in “Olhar fractal“, Editora Ulmeiro, Lisboa, 1996

░ Na cidade breve as ilustres criaturas

Na cidade breve as ilustres criaturas
apodrecem de vidinha inveja e conversata
entre voracidade e íngreme bajulação

descuidadamente espirram teorias
enquanto os pés ensaiam uma dança
de fulgor e desencanto
tão longe já do voo imaginado

recolhidas viajam no silêncio
enquanto os olhos se fecham

levemente ausentes

com a certeza de que acabou
a incandescência.

 

_
▪ Maria Graciete Besse
(Almada, n. 1951)
in “Pequeno bestiário académico”, Ed. Licorne, Évora, 2014